12 competências emocionalmente inteligentes

Várias investigações referentes à relação entre inteligência emocional e saúde mental demonstram que as pessoas que compreendem bem o que sentem constantemente e que para além disso apresentam uma elevada capacidade em regular as suas emoções adequadamente, são mais aptas a lidar com os seus problemas emocionais. Naturalmente, vai permitir um bem-estar psicológico determinado por menores níveis de ansiedade, stress e depressão, ocorrendo um aumento significativo nos níveis de saúde mental.

Diversos estudos salientam ainda o facto de indivíduos que compreendem as suas emoções e se sabem colocar no lugar do outro são competências fundamentais para um bom desempenho em atividades laborais. Assim sendo, concluísse que a IE é um preditor de um bom desempenho laboral e como tal, no mundo corporativo elevados níveis de IE está relacionado com uma maior satisfação por parte da identidade empreendedora.

12 competências chave que demostram inteligência emocional:

  1. Gerir situações difíceis com sucesso;
  2. Expressar-se com clareza;
  3. Ganhar o respeito dos outros;
  4. Influenciar outras pessoas;
  5. Incitar os outros a ajudá-las;
  6. Manter-se calmos sob pressão;
  7. Reconhecer as suas reações emocionais nas outras pessoas ou situações;
  8. Saber como dizer a coisa “certa” para obter o resultado certo;
  9. Controlar-se eficazmente em negociações;
  10. Controlar os outros eficazmente em negociações;
  11. Motivar-se a si mesmas para fazer o que é preciso;
  12. Sabem como ser positivas, mesmo em situações difíceis.

Destas competências quais é que eu já tenho? Quais é que preciso desenvolver?

Referências:
Stein, S. (2017). Inteligência Emocional para totós. Porto: Porto Editora.

Partilhe

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mafalda Moreira